Um post para as meninas que seguem o NFLemPT

Ainda estamos na silly season da NFL…e não, não estou a falar do Manziel.

Seguindo aquilo que o nosso amigo Rui Ferreira de Ovar disse sobre a NFL, que era também “um jogo para os espaçosos”, estava na altura de se fazer justiça a essa classe de jogadores.

Assim, e principalmente para a nossa audiência feminina, apresento Vince Wilfork em toda a sua…vamos dizer, glória.

vince

A coisa está a fazer tanto sucesso que já se anda a pedir para se mudar o shield da NFL.

shield

Meninas, o que acham? Boa ideia?

NFLemPT Mock Draft 2016… “privilégio de administrador”

 

goodell

“E com a escolha número 55 do Draft de 2016, os Pittsburgh Steelers

Steelers

enviam a sua escolha para o outro lado da cidade, para o Console Energy Center, e para a organização dos Pittsburgh Penguins. Dou a palavra ao General Manager da equipa…Jim Rutherford.”

jim ruther

“Obrigado Comissário Godell, folgo em ver que não está morto. Quanto à escolha do Draft, os Pittsburgh Penguins

penslogo

selecionam, Ricardo Silvestre, Faculdade de Motricidade Humana, Lisboa, Portugal, por ter dado uma ajuda preciosa para a equipa ter ganho a Stanley Cup de 2016, vendo todos os 34 jogos desde os últimos dez da época regular até ao jogo 6 da final contra os Sharks…

penjersey

…devido à sua dedicação e ao tempo que passou aos saltos, ou a roer as unhas, à frente do seu iMac, é que os Penguins foram campeões…

penguiscup

…num assunto relacionado, de dizer que os Dallas Cowboys estão em negociações com os Penguins para comprarem o seu passe.”

; )

.

.

.

a NFL segue dentro de momento : )

 

 

NFLemPT Mock, Mock, Mock Draft 2016

Agora já com a primeira ronda do Draft de 2016 nos livros (com todas as escolhas que já se esperavam; Goff para os Rams, Wentz para os Eagles, Bosa nos Chargers, Elliot nos Cowboys and so on and so forth), está na altura de saber o que a sua equipa precisa… realmente.

Veja então aqui, em primeira mão, as escolhas para a segunda ronda do Draft desta noite.

32. Cleveland Browns

Browns

Qualquer coisa boa. A sério. Qualquer coisa que funcione, que não embarace a Organização, que dê algum consolo aos pobres dos fãs, que faça a equipa melhorar, mesmo que um bocadinho.

33. Tennessee Titans

Titans

Um treinador para substituir Mike Mularkey a meio (ou antes) da época.

34. Dallas Cowboys

Cowboys

O troféu de Melhor General Manager da década a Stephen Jones, por ter tido bom-senso (ao contrário do que, diz-se, queria fazer o seu pai Jerry) de NÃO ter selecionado Johnny Manziel para Dallas.

 

35. San Diego ChargersChargers

Uma frota de camiões para mudar a Organização para norte (soon)

soon

36. Baltimore Ravens

Ravens

Melhores decisões por parte dos jogadores na Organização : (

 

37. Kansas City ChiefsChiefs

Um qualquer reciever para o qual Alex Smith NÃO irá passar a bola

 

38. Jacksonville Jaguars.Jaguars

Cupões para viagens transatlânticas

 

39. Tampa Bay Buccanersbuccs

Prémio monetário para os tutores de Jameis Winson, uma vez que o rapaz “cresceu” aos olhos de toda a gente da metade da época para a frente.

 

40. New York GiantsGiants

Peyton Manning, para fazer caretas na luxury box dos Mannings no Met Life Stadium

eli

41. Chicago BearsBears

O mesmo que o ano passado…e o ano anterior…e o outro antes desse.

 

42. Miami Dolphins

Dolphins

Um novo título de “Campeão da Pré-Época –Ainda antes dos jogos começarem.”

 

43. Filadélfia Eagles

Eagles

O jogador que Chip Kelly, definitivamente, absolutamente, não escolheria no Draft.

 

44. Los Angeles RamsRams

Auston Matthews, para enviarem para os St. Louis Blues, de forma a poderem, mesmo que de uma forma acanhada, recompensar os adeptos de desporto dessa cidade.

austen

 

45. Oakland RaidersRaiders

Uma arrecadação, para poderem alugar aos Warriors quando estes começarem a precisar de ter espaço para arrumar os troféus.

gs

 

46. New Orleans SaintsSaints

A “Chave da Cidade” ao Coach Payton, pela coragem que teve para apontar um dos piores problemas na sociedade Americana, principalmente em New Orleans.

 

47. Indianapolis Colts

IND

Fish and Chips para os jogadores terem energias para jogar na semana seguinte à viagem a Londres.

 

48. Buffalo Bills

Comercialização do programa de perda de peso do Head Coach.

ryanloss

 

49. Atlanta FalconsFalcons

Cadeiras que rodam 360º para apreciação completa do Mercedes Benz Stadium

falcons stadium

 

50. A equipa profissional de Washington

Um novo nome para a Organização.

 

51. Minnesota VikingsVikings

Uma âncora para ancorar o novo estádio de forma a não navegar para um sítio qualquer.

usbank

 

52 Cincinnati BengalsBengals

Um guarda-costas…para proteger os jogadores da OUTRA equipa da segunda e terceira linha defensiva dos Bengals

 

53. Seattle Seahawks

SeattleSeahawks

Uma (nova) linha atacante

 

54. Green Bay PackersPackers

Um jogo em Pequim, outro em Londres, outro na Cidade do Cabo, outro em San Petersburgo, outro em Puerto Toro, Chile e finalmente em Longyearbyen na Noruega (depois das declarações do Presidente dos Packers, Mark Murphy).

 

55. Pittsburgh Steelers

Steelers

Numa troca com a equipa de hóquei em gelo da cidade, os Steelers enviam Ricardo Silvestre para os Penguins, uma vez que, desde que este comprou o NHL.TV, a equipa de Pittsburgh teve 11 vitórias e 1 derrota para acabar a época regular, eliminou os rivais Rangers na primeira ronda dos Playoffs (o que não acontecia há tempo à mais) e são candidatos a ganhar a Stanley Cup!

 

56. New England Patriots

NE

Um novo Comissário da Liga. Antes que o povo em New England avance por Manhattan a eito até à 345 Park Avenue.

 

57. Carolina Panthers

Panthers

Um tradutor para Cam Newton, em Conferências de Imprensa depois de derrotas em jogos que possam dar títulos.

camleaving

 

58. Denver Broncos

Broncos

Um clone de Peyton Manning, cruzado com outro de John Elway.

 

59. Houston TexansTexans

Um terapeuta para fazer J.J. Watt estar “bem com a vida” quando a equipa começar a perder por causa de não ter um QB em condições.

 

60. New York JetsJets

Não importa qual for a escolha, pois os fãs dos Jets vão odiá-la com toda a paixão

 

61. Detroit LionsLions

Alguém que se assemelhe…por muito longe que seja…e por muito difícil que isso pareça… com Calvin Johnson.

calvin

62. San Francisco 49ers

49ers

Jogadores que sejam para o… pálido (diz-se).

63. Arizona Cardinals

Cardinals

Alguém que diga ao Coach Arians para pensar duas vezes antes de abrir a boca e dizer disparates.

 

À espera do Draft – jogos a não perder em 2016

Agora que já sabemos qual o calendário para a próxima época, começa-se a fazer as antevisões de alguns jogos, mesmo sabendo, como sabemos, que o mais certo é um qualquer dos jogadores mais importantes estar lesionado, e como tal, não vai acontecer nada do que se previu.

Mesmo assim, o NFLemPT faz um serviço público, e prepara-vos desde já para alguns dos jogos mais interessantes da época.

Panthers@Broncos, dia 9 de Setembro 1:30am.

O Von Miller acaba o jogo com 8 sacks, 4 roubos de bolas, e dois retornos para Touchdown… tudo isto ao Cam Newton. É consensualmente escolhido no dia seguinte como o MVP Defensivo da Liga, o primeiro jogador a receber o troféu na primeira semana da época.

stripsack

No entanto, os Broncos perdem o jogo por causa do quarterback titular ser…Mark Sanchez.

Bengals@Steelers, dia 18 de Setembro, 6pm.

Vontaze Burfict, nas bancadas a cumprir o segundo de dois jogos de suspensão por causa dos playoffs do ano passado, salta para o relvado do Heinz Field, e apesar de vestido com fato e gravata, lança-se de cabeça para placar António Brown lesionando-o para o resto da época.

vontaza

Seahawks@Rams, dia 18 de Setembro, 9:05pm.

O primeiro jogo em Los Angeles em duas décadas! Os fãs locais, finalmente, depois de tanto sofrimento, de tanta espera, de tanto desespero, podem levantar a cabeça e olhar para o futuro com otimismo… os Lakers, já não têm Kobe Bryant a atrasar o retorno da equipa a ser favorita para ganhar um título da NBA.

Packers@Vikings, dia 19 de Setembro, 1:30am.

Os Vikings inauguram o U.S. Bank Stadium. Sem ninguém dar por isso, o estádio desliza até encontrar o rio Mississippi, onde navega livremente e inicia a viagem que o leva para a Escandinávia.

usbank

Bears@Colts, dia 9 de Outubro, 6pm.

Os Colts jogam em Londres na semana antes, e quando entram em campo estão hipnotizados por psicólogos da NFL para acreditarem que tiveram a semana de bye entre os dois jogos. O que não aconteceu (pela primeira vez desde que se joga em Londres).

Giants@Rams, dia 23 de Outubro, 4:30pm (em Londres)

Também conhecido como o Viana-Silvestre Bowl.

Qual Silvestre?

Ora essa, o Edgar Silvestre.

vianasilv

OK, OK. O Edgar Silva.

Texas@Broncos, dia 25 de Outubro, 1:30am

Neste momento apresentado como o Osweiler Bowl, o Brock está como suplente depois de ter ganho dois jogos em sete, e Houston teve de recorrer novamente a Brandon Weeden. As gargalhadas da suite do John Elway são tão altas que tem que ser feito um aviso que a equipa atacante dos Broncos está em campo, e preferem silêncio a vir das bancadas, por causa da contagem para o snap.

Seahawks@Patriots, dia 14 de Novembro, 1:30am.

Marshaw Lynch está nas bancadas da Endzone para onde a equipa de Seattle está a atacar, e com o jogo na linha, Seahawks a perder por 28-24, Russel Wilson está na 1 jarda dos Patriots. No momento do snap, Mashaw levanta um cartaz que diz “run the fucking ball”. Russel, distrai-se, e quando faz o passe é para a intercepção de Malcom Butler. Os Pats ganham o jogo

Cowboy@Vikings, dia 2 de Dezembro, 1:30am.

No terceiro jogo em 12 dias (depois de receber os Ravens na semana antes e ter o Thanksgiving contra Washington na quinta-feira), Tony Romo parte a clavícula, úmero, anca e tíbia nesse jogo. Apesar disso, os Cowboys continuam com a esperança de o terem de volta para os playoffs, porque, apesar de os Cowboys estarem com um registo de 6 vitórias e 6 derrotas, estão à frente da NFC-Este por dois jogos.

Patriots@Broncos, dia 18 de Dezembro, 9:25pm.

Por força de hábito, Tom Brady, já passados cinco minutos depois do jogo terminar, e quando já só os empregados no Mile High Stadium estão no relvado, ainda continua à procura de Peyton Manning para o aperto de mão habitual pós jogo.

bradyvspey

Ravens@Steelers, 25 de Dezembro, 9:30pm

É Natal, é Natal, e a NFL presenteia os adeptos, numa época de concórdia, solidariedade, amizade e amor, com um jogo com duas das fan bases mais ferozes e que mais se odeiam, e com os jogadores em campo que não podem uns com os outros. Family fun!!

balsucs

E pronto!

Agora é só esperar pelos jogos começarem.

À espera do Draft – Dentro do Press Room (Rescaldo do Super Bowl 60)

Olá e sejam bem-vindos a mais um Dentro do Press Room, agora que o Super Bowl LX está nos livros da História.

dentro de uma press room2

Para nós, Europeus, este ano de 2026 foi de grande satisfação, com os London Jaguars a jogarem no Super Bowl contra os Green Bay Packers, no Stade de France.

DBPAR

É verdade que ainda não é desta que os Jags, ganharam o título, mas já estivemos mais longe.

lond

Depois de termos tido os primeiros jogos na Alemanha, também vamos ter de ser pacientes com a outra equipa Europeia, os Berlim Titans, estes na NFC, que vão demorar a ser uma equipa competitiva, ainda mais estando na NFC Sul juntamente com os Saints, os Falcons e os Panthers. Mas já deram uma boa indicação, com a primeira época completa a jogar no Olympiastadion, a ter um registo de 6-12.

Antes do Super Bowl, o Comissário da Liga, Tony Romo, deu a habitual Conferência de Imprensa (no luxuoso centro de Issy-Les-Moulineaux onde a Presidente Clinton e o Presidente Obama já discursaram) sobre o Estado da NFL.

Pressionado pelos jornalistas, o Comissário não quis dar garantias, apesar dos rumores, sobre a possibilidade da formação de uma equipa em Pequim, apesar dos três jogos da época regular  no Beijing National Stadium, depois de terem começado com um.

china

No entanto deu boas notícias para os fãs Asiáticos ao anunciar um jogo da época regular, entre os San Francisco 49ers e os Los Angeles Rams, em Tóquio. Também continuam as negociações para expandir de um, para dois jogos da época regular na Austrália, acrescentando ao jogo que se realiza em Sidney, outro em Perth.

O México continuará a ter dois jogos de época regular, apesar dos pedidos por parte dos fãs de haver três. Isto prende-se pelo facto que continuará a haver um jogo da época regular no Rio de Janeiro e outro em Buenos Aires. Quanto a Brasileiros e Argentinos querem igualmente passar a ter dois jogos, o Comissário fez lembrar de como se desenrola o processo, como foi o caso do México.

A grande novidade é a realização de jogos da pré-época na África do Sul, apesar de se saber que será difícil os Sul-Africanos aderirem da NFL, uma vez que o Rugby é o desporto-rei. Respondendo a isso, o Comissário disse que “também se dizia o mesmo na Europa com o soccer, e podemos ver o sucesso que a NFL teve ao expandir para o Velho Continente”.

A terminar, o Comissário Romo deu a boa as boas notícias aos Americanos, fazendo saber que, para a época de 2027, um total de 120 jogos serão jogados nos Estados Unidos continentais (dois serão no Havai), um aumento de 4 jogos desde a época passada. Assegura-se assim, que cada equipa continental terá, pelo menos, 4 jogos em casa.

Confrontado com as queixas dos Americanos, residentes nos Estados Unidos, que a globalização da NFL lhes veio tirar jogos que podiam ver nos respetivos estádios,

angry fans

o Comissário lembrou que, primeiro, os Americanos já não vão aos estádios por causa da tecnologia disponível para se ver os jogos em casa, e segundo, que mesmo que a NFL reduzisse o número de jogos a apenas um por época, a NFL não iria perder nem um átomo de popularidade.

Para terminar, o Comissário aceitou responder a algumas perguntas de jornalistas Europeus, onde se destaca a pergunta de Ricardo Silvestre, em representação da Sporttv sobre a criação de centros de deteção de talentos para cheerleaders na Península Ibérica e se este, o jornalista, podia ser membro do júri de seleção.

À espera do draft (9 de abril)

Quem segue, mesmo que perifericamente, a política made in USA, e principalmente este ciclo eleitoral onde se vai encontrar os nomeados para Presidente pelo Partido Republicano e pelo Democrata, sabe que o Donald Trump conseguiu tornar mais interessante uma eleição do que os Underwoods no House of Cards, o que parecia impossível!! (se não vê House of Cards…what the hell is wrong with you?!?)

hoc

O Donald ficará, desde já, e para sempre, conhecido como o “político” que, apesar de ter chamado de traficantes, violadores e criminosos aos Mexicanos que estão nos USA, de ter dito que os membros de uma determinada religião seriam proibidos de entrar na América, que as mulheres devem ser criminalizadas se procuraram um aborto (ou que não podem ser presidentes por serem feias), que podia matar a tiro uma pessoa na Quinta Avenida que não perdia votantes por causa disso (entre muitas outras pérolas), está à frente para a nomeação Republicana desde que começou o processo.

E ficará também para a história como tendo sido primeiro candidato a garantir, garantir(!), ao povo Americano, que apesar de ter mãos pequenas, que “não havia motivos para preocupações, porque o resto tinha o tamanho certo”, ou seja, para quem não entendeu à primeira, fez uma dick joke em pleno debate eleitoral. Roí-te de inveja, Pedro Passos Coelho.

small hands

O Donald é como era o Al Davis: inconsciente, bombástico, truculento e que também ameaça levar toda a gente a tribunal. Ao menos o Al não conseguiu destruir a NFL, ao contrário do Trump que foi um dos fatores para o desaparecimento da USFL.

usfl

Mas, all jokes aside, quando um candidato tem o apoio da extrema-direita, principalmente da supermacista branca, da evangélica obscurantista e da oligárquica política, e ainda mais incrivelmente, ou não se distância desses apoios, ou fá-lo sobre pressão, se calhar é boa ideia ter cuidado para não ser visto nas suas imediações.

E entram aqui os New England Patriots.

Já conhecidos sobejamente por ser uma organização com…rabos-de-palha (vamos dizer assim), com um treinador que tem o “carinhoso” estigma de ser um Sith Lord, ou um quarterback que gosta de bolas menos cheias (another dick joke, thank you, thank you), colaram-se à imagem Trump… apesar de ser uma imagem que é terrific, classy and YOOOGE!

Robert Kraft,

trk

Tom Brady

tbdt

e Bill Belichick

dtbb

já se fizeram fotografar com o Donald, ou com chapéus do Donald (apesar de que, quem tem este gosto para gorros, pode-se esperar tudo),

tbhat

e até expressaram o seu apoio (mais ou menos velado).

Claro que a coisa não é muito bem aceite por Massachusetts, um estado predominantemente liberal, blue colar, meat and potatoes, kind of people, e já houve alguns cronistas, e jornalistas que expressaram o seu desagrado. Mas, seguramente, Kraft deve achar piada a mais um bilionário com complexos de perseguição e que quebra com o molde de fazer as coisas de forma “habitual”, a Giselle e a Malila Trumpmtgb

podem trocar histórias da vida de ser modelo, e o Belichick…bem, esse nunca se sabe em que está a pensar.

bbbig

AHHHHHHHHHHH!! NÃO, NÃO…! Eu voto Trump…anything, just, please, go away!

Trump/Patriots 2016!