Dentro da “Game Room” para a semana 6

Numa resposta ao nosso visitante Carlos Valido sobre o início de época desapontante para os Eagles de Filadélfia, uma equipa recheada de estrelas que começou com com 1 vitória e 4 derrotas, eu fiz o argumento na altura que, a responsabilidade para um início tão fraco era em parte dos treinadores. Os Eagles mostram muitos erros de concentração, alguma desvantagem a nível de condição física, muitas placagens falhadas, muitas perdas de bola, muitas jogadas ofensivas mal escolhidas a dar muitos field goals e poucos touchdowns.

Andy Reid tem sido muito criticado por não gerir muito bem o relógio, por não usar bem os descontos de tempo, por não fazer bons challenges, por não ter a equipa bem preparada para os jogos, etc. Mas este ano, a juntar a todas essas críticas que podem ser feitas por questões técnicas, a verdade é que também não ajuda o facto de Reid ser o VP of football operations (vice presidente para as operações de football) que o coloca a tomar decisões que depois podem ser apontadas como responsáveis pelo mau estado das coisas. Esse é o caso da sua decisão de “promover” Juan Castillo para ser o coordenador defensivo. Um homem que ainda há umas semanas atrás era o treinador das linhas…atacantes.

E com a aquisição de várias estrelas defensivas, como foi o caso do Jason Babin, do Dominique Rodgers-Cromartie, do Nnamdi Asomugha, e do right tackle Ryan Harris, não é aceitável que a defesa não plaque, que não cubra bem os jogadores da equipa contrária, ou que os jogadores estejam fora de posição (como é o caso do Nnamdi que anda totalmente perdido na 3ª linha defensiva).

E é verdade que eles vêm de uma vitória, mas foi contra Grossman e Beck dos Redskins, principalmente com o Grossman a oferecer intercepções “de graça”.

E vejamos agora o exemplo contrário.

Os 49ers o ano passado, com o Singletary como treinador a equipa estava totalmente à deriva, o “carrossel” entre os QB’s Alex Smith e o Troy Smith parecia uma comédia, o Vernon Davis (o TE da equipa) fez uma fita de todo o tamanho, a organização cedeu às exigências megalómanas do rookie Crabtree, e acabaram com um registo de 6 vitórias e 10 derrotas. Este ano, o Jim Harbaugh toma conta da equipa, e com os mesmos jogadores, repito, com os mesmos jogadores, a equipa está com 5 vitórias e 1 derrota, estão a jogar muito bem, com grande dinamismo e concentração, e são o candidato natural neste momento a ganhar a divisão NFC Oeste. E de reparar que Harbaugh nem sequer teve uma pré-época para implementar o seu sistema, ou para treinar melhor os seus jogadores (agora só precisa de se acalmar um pouco e não fazer a figura triste que fez no final do jogo contra os Lions).

Portanto, os jogadores são sem dúvida os actores mais importantes no jogo, e é a sua performance que ultimamente determina o resultado final, mas os homens com os headsets são os que conseguem que eles estejam melhores (ou piores) no Domingo.

Advertisements

2 comments on “Dentro da “Game Room” para a semana 6

  1. Boas pessoal!

    Quase sempre que comento é sobre os Cowboys por isso aqui vai mais um…

    Hoje está no site da nfl um artigo sobre o facto dos Cowboys serem favoritos, ou na opinião desse analista, a ganhar a sua divisão, relembre-se dificil, com equipas como os Giants ou os Eagles… A mesma questão surge no inquérito ao público que visita o site mas aí o favoritismo é apontado aos Giants, queria só saber a vossa opinião acerca desta divisão…

    Será que os Cowboys podem mesmo ganhá-la? Ou os Giants são os mais fortes? Ou a partir de agora veremos os Eagles a caminhar na direção certa e ainda triunfar na divisão? Não sei o que acham dos Redskins mas a mim parece-me que são a equipa mais fraca e ainda acabarão no último lugar

    Para mim vai dar Cowboys 😉

    • Olá Carlos

      Ser-se um “analista” da NFL, causa a necessidade de debitarem as suas opiniões, o que faz que, em semanas diferentes, os Cowboys estão fora da competição, para a seguir serem novamente os candidatos ao primeiro lugar.

      Vejamos o caso dos Eagles. Quando parecia que estavam “enterrados” na luta pela divisão, e com uma vitória em Washington já estão novamente na corrida.

      Mas, como muda de semana para semana, neste momento, parece que os NY estão mais bem posicionados. Um bom jogo em corrida, Eli talvez seja o melhor QB na divisão, e têm uma boa defesa.

      Mas acho que estamos de acordo com a forte possibilidade de os Redskins, com esta confusão com os QB’s vá perder competitividade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s