Muitas (e boas) razões para Manning em Denver

De uma perspectiva desapaixonada do que vimos nas últimas semanas na “novela” Manning, podemos constatar que a decisão de Peyton faz sentido  em muitos aspectos que seguramente o quarterback (QB) deve ter tomado em consideração.

A AFC Oeste – Com os Chargers e os Raiders fieis à esquizofrenia que caracteriza estas duas organizações, para além do facto de que a equipa de Oakland comprometeu o seu futuro imediato com a aquisição de Palmer, os Denver ficam muito bem posicionados para vencer a Divisão. Os Kansas City continuaram a ter o problema de ter um QB medíocre, por muito boa que a defesa e o jogo em ataque por corrida seja.

Os Denver Broncos – A equipa ganhou a Divisão e chegou à Ronda Divisional dos playoffs… com Tim Tebow e os seus passes para os pés dos recievers. A equipa tem uma boa defesa, tem um bom running back, e só precisa de melhorar um pouco mais as opções de passe para Manning (Dallas Clark, where are you?).

Os adeptos de Denver – Esqueçam a Tebowmania. Os fãs de Denver são dos melhores que há na NFL, e estarão ao lado de Manning, como já tiveram ao lado de Elway antes dele. E por falar nisso…

John Elway – Uma “lenda” da NFL. Um executivo que pode recrutar bons jogadores para fazer companhia a Manning este ano e nos próximos dois que Peyton ainda tem na sua carreira.

A AFC – É verdade que Peyton não se “livra” de Brady e Belichick, mas a AFC pode ser um caminho mais fácil para chegar ao Super Bowl do que a NFC.

Eli Manning – Imaginem a final de Conferência Nacional com uns SF versus NY, e ter Eli a negar ao seu irmão a ida à “Grande Festa”.

John Fox – Um treinador principal que está mais preocupado com a defesa e que deixará de bom grado que Peyton Manning faça aquilo que bem lhe apetecer no ataque.

Mike McCoy – O coordenador ofensivo, ele próprio um antigo QB, que conseguiu extrair de QB’s como Kyle Orton bons jogos. Mas “discreto” o suficiente para ser mais um “auxiliar” de Peyton que o seu “superior”.

Como podem ver, há muitas coisas para Manning ter sucesso,e  se calhar, tal como Elway que ganhou dois Super Bowls com idades de 37 e 38 anos, ganhar ainda mais um títulol até ao final da sua carreira.

Advertisements

4 comments on “Muitas (e boas) razões para Manning em Denver

    • ja agora…. tb n podiamos ter todos os companheiros dele =) o gajo assim tb n fica mal so passou do melhor da liga para o 2º/3º hehehehe

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s