Quick Stats – Jogo Inaugural

Boas!

Finalmente, chegou o 1º jogo a sério da época… A partir de agora, serão 21 semanas de FOOTBALL!

     24 – 17     

(0-0/7-3/10-7/7-7)

Após a derrota da última época, no dia de Ano Novo, a equipa de Dallas procurava vingança, já que a derrota nesse jogo custou-lhes o título na Divisão. Assim, além da rivalidade histórica entre essas 2 equipas, um “especial” sentimento de vingança pairava no ar.

Quem disse que a vingança não deve ser um motivo, para agir?

Jogador Passes Jardas TD INT   Jogador Passes Jardas TD INT
T. Romo 22/29 307 3 1 E. Manning 21/32 213 1 0
Jogador Corridas Jardas TD >   Jogador Corridas Jardas TD >
D. Murray 20 131 0 48 A. Bradshaw 17 78 1 33
Jogador Recepções Jardas TD >   Jogador Recepções Jardas TD >
K. Ogletree 8 114 2 40T V. Cruz 6 58 0 26
D. Bryant 4 85 0 38 D. Hixon 3 55 0 39
M. Austin 4 73 1 34 M. Bennett 4 40 1 12
  • Durante uma pré época onde muito se questionou a falta de armas ofensivas dos Cowboys, nomeadamente a falta de consistência no corpo de receivers, Kevin Ogletree aparaceu em grande!
  • Mesmo com as enormes dificuldades evidenciadas pela OL de Dallas, Tony Romo conseguiu ditar o ritmo do jogo, com a preciosa ajuda da “besta” DeMarco Murray.
  • Do lado das defesas, Dallas apresentou as suas mais recentes contratações na posição de CB (Carr e Claiborne), elementos estes que “secaram” quase por completo os receivers de New York, enquanto, que do lado dos Giants, apenas Jason Pierre-Paul manteve o nível exibicional da última época.
  • Victor Cruz e Hakeem Nicks foram incapazes de aproveitar algumas das oportunidades que Eli Manning planeou, sendo que Cruz, esteve particularmente em destaque por não ter agarrado alguns passes “fáceis” e ter cometido algumas faltas ofensivas, que prejudicariam o ritmo do seu ataque.
  • O jogo em corrida dos Giants enfrenta os mesmos problemas da última época, com Ahmad Bradshaw a ter de assumir as despesas do jogo sozinho, principalmente, após o fumble do “rookie” David Wilson, que saiu do campo desolado…

Em resumo, vitória merecida e convincente dos Cowboys no Metlife Stadium, contra uns Campeões em título, que iniciam a época com os problemas/dúvidas do costume.

Dado perspectivar-se uma maior competitividade na NFC East esta época, os jogadores de Tom Coughlin terão de ser mais regulares e não dependerem tanto dos rasgos individuais ou dos “passes mágicos” do seu QB.

Jason Garrett e a sua equipa vão até Seattle defrontar os Seahawks (16/09), enquanto que os Giants recebem os Tampa Bay Buccaneers (16/09)

Advertisements

4 comments on “Quick Stats – Jogo Inaugural

  1. -Tony Romo com uma OL tremida, deu conta do recado. Mesmo depois da INT, dos sacks, das flags consecutivas, simplesmente, manteve a calma e levou a equipa à vitoria;
    -Miles Austin é uma ameaça constante;
    -O Dez Bryant pensei que ia fazer um jogão, afinal esteve quietinho, até placou o DeMarco Murray por engano;
    -DeMarco Murray, beast mode! Ainda não percebi porque virou para dentro em vez de ir para TD numa jogada;
    -Kevin Ogletree = MVP. WR3 encontrado.
    – Ware continua a jogar a uma intensidade assustadora;
    -Corner Backs Carr e Claiborne secaram os oponentes;
    -E de salientar a defesa, orquestrada por Rob Ryan, com Sean Lee a mostrar serviço;

    PS. É estranha a quantidade de flags cometidas por Dallas!

  2. Exibição muito consistente dos Cowboys, em particular do Romo, que em momentos críticos, conseguiu segurar o ataque dentro do campo, quando as flags o estavam a puxar para trás.

    Muito melhor do que fez à um ano atrás, também em Nova Jersey, mas contra os Jets, onde enterrou a equipa e marcou o tom para uma época trágica.

    Resta saber se este jogo será o pronúncio de uma época consistente, ou um caso isolado.

    Quanto aos Giants, como o Ricardo disse, esta derrota não significa nada.

  3. Boas,

    Antes de mais, finalmente regressou a NFL!!! Foi entretido seguir a off-season, mas já cansa ouvir sobre o Saints, sobre o Tebow/Sanchez/Holmes, sobre quem vai ser o starting QB em Arizona e sobre o facto dos Giants não terem a mesma cobertura mediática dos Jets e a que têm é para chorarem que não têm.

    Excelente vitória dos Cowboys. Após uma primeira parte difícil para ambas as equipas, as coisas foram acontecendo na perfeição. Ogletree e Romo excelentes, ainda com tempo para o Demarco Murray ter impacto decisivo no jogo e o Austin também (poucas recepções, mas importantes).

    FG7:

    – Não desgostei assim tanto do Dez Bryant. As recepções que fez foram em conseguidas, penso que até 1 ou 2 em 3rd down. Se os outros WR também receberam bolas, é normal que as stats não sejam espectaculares.

    – A opção do Murray em promover o contacto em vez de tentar ir para TD também estranhei. Será que ele estava mais longe da Endzone do que parecia? Havia ali alguma questão de gestão do relógio?

    – Sobre a OL, também há que considerar que tiveram várias mudanças, ficaram sem Center e jogaram contra uma das melhores DL da competição. Vão melhorar.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s