Quick Stats – Week 6

Surpresas, emoção e grandes exibições. Tudo fez parte de mais um domingo cheio de acção na NFL.

     20-23    

(3-0/10-7/0-6/7-10)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
C. Palmer 23/33 3353 1 1 M. Ryan 24/37 249 1 3
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
D. McFadden 27 70 1 14 M. Turner 11 33 0 9
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
D. Moore 5 104 1 49 R. White 6 72 1 26
D. Hagan 4 85 0 38 J. Jones 4 63 0 25
B. Myers 5 62 0 18 T. Gonzalez 4 42 0 13
  • Matt Bryant voltou a ter pé de ouro como há duas semanas contra os Panthers e os Atlanta Falcons mantiveram-se imbatíveis (única equipa na NFL) com uma vitória algo tremida diante dos Oakland Raiders.
  • Com Matt Ryan bastante abaixo do nível habitual – as três intercepções falam por si -, os Falcons fizeram de uma intercepção devolvida 79 jardas para touchdown por parte de Asante Samuel, alcançando a liderança a menos de 3 minutos do fim.
  • Carson Palmer, que teve uma exibição muito consistente ao lançar para 353 jardas, precisou, no entanto, de um “two-minute drill” para re-empatar o jogo, antes de o kicker Bryant chutar um field-goal de 55 jardas com apenas um segundo no relógio.
  • Feitas as contas, os Falcons fogem com a sexta vitória consecutiva e estão já com uma larga vantagem na NFC Sul, enquanto os Raiders continuam com apenas um triunfo.

     29-31    

(7-3/3-14/10-7/9-7)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
T. Romo 25/36 261 2 1 J. Flacco 17/26 234 1 0
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
D. Murray 14 93 0 28 R. Rice 16 63 2 12
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
D. Bryant 13 95 2 18 A. Boldin 5 98 0 31
J. Witten 6 88 0 35 R. Rice 1 43 0 43
M. Austin 2 31 0 19 D. Pitta 4 33 0 9
  • Não bastava perderem uma oportunidade de ouro, tinham de desperdiçar duas. Os Dallas Cowboys atropelaram os Ravens no jogo de corrida mas sucumbiram por duas ocasiões no final da partida e deixaram a vitória em Baltimore.
  • A equipa de Dallas correu para 227 jardas perante uma defesa adversária sem qualquer solução para as constantes acelerações de Felix Jones e DeMarco Murray, que contribuíram para as 481 jardas ganhas no ataque.
  • No entanto, Joe Flacco foi cirúrgico quando teve a bola na sua posse e liderou um ataque bem equilibrado entre o jogo de passe (234 jardas e 1 TD) e o de corrida (86 jardas e 2 TD – ambos de Ray Rice).
  • Toda a emoção teve lugar no último minuto. Dez Bryant, que esteve em grande, recebeu um passe para TD a 32 segundos do fim, apenas para depois deixar escapar a conversão de dois pontos. Ainda assim, a partida não estava terminada pois as special teams dos Cowboys recuperaram um onside kick e deram a Dan Bailey a hipótese de ganhar o jogo com um FG de 51 jardas. Saiu ligeiramente à esquerda e os Ravens celebraram a quinta vitória, enquanto Dallas já vai em três derrotas.

     24-34    

(7-0/7-7/0-6/10-21)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
A. Dalton 31/46 381 3 3 B. Weeden 17/29 231 2 1
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
B. Green-Ellis 16 62 0 20 M. Hardesty 15 56 1 14
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
A. Green 7 135 2 57T J. Gordon 3 99 1 71T
C. Peerman 8 76 0 16 J. Cooper 2 39 0 28
J. Gresham 3 68 1 55T J. Cameron 2 38 0 23
  • Está terminada a série de 11 derrotas consecutivas por parte dos Cleveland Browns. Foi com um grande quarto período que a equipa da casa surpreendeu os Cincinnati Bengals e conquistou a primeira vitória desde 20 de Novembro do ano passado.
  • Depois de um início inspirado, Andy Dalton cometeu alguns erros, incluindo três INTs, uma delas devolvidas para TD por parte de Sheldon Brown, já no quarto período.
  • Antes da intercepção de Dalton, o RB suplente Montario Hardesty, a substituir o agora lesionado Trent Richardson, esteve em bom plano e conseguiu um TD.
  • O rookie QB dos Browns, Brandon Weeden, lançou um TD de 77 para outro rookie, o receiver Josh Gordon, e completou um dia muito efectivo, enquanto que, do outro lado, Dalton e AJ Green voltaram a mostrar que são uma das duplas mais temíveis de toda a liga.

     14-17    

(6-0/0-10/0-7/8-0)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
S. Bradford 26/39 315 0 0 R. Tannehill 21/29 185 2 0
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
D. Richardson 11 76 0 44 R. Bush 12 17 0 9
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
B. Gibson 7 91 0 22 M. Moore 3 46 1 29T
C. Givens 3 85 0 65 R. Bush 5 44 0 14
L. Kendricks 4 40 0 23 D. Bess 6 42 0 11
  • 4th&8. 30 segundos para jogar. 49 jardas dos Dolphins. Rams com a bola. Jeff Fisher decide que Greg Zuerlein deve tentar o FG de 66 jardas, um recorde da NFL. O pontapé tem a distância… e vai à esquerda. Assim se consumou a vitória dos Dolphins, que aguentaram uma recuperação por parte dos Saint Louis Rams.
  • Sam Bradford foi desfazendo a defesa de Miami e conseguiu 315 jardas através do passe, sendo que o ataque total dos Rams valeu para 461 jardas e… 14 pontos.
  • Sem conseguir materializar o domínio em pontos, a equipa de Jeff Fisher viu Ryan Tannehill ter um jogo muito controlado, pautado por 2 TDs e nenhuma intercepção, mesmo com Reggie Bush a operar a um nível manifestamente baixo.
  • Apesar de terem ganho apenas 209 jardas, os ‘Fins ficam agora com um registo de 3-3, tal e qual como os Rams, que se encontram envolvidos na de repente forte NFC Oeste.

     9-35    

(0-3/3-21/0-7/3-7)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
A. Luck 22/44 280 0 2 M. Sanchez 11/18 82 2 0
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
V. Ballard 8 25 0 5 S. Greene 32 161 3 21
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
R. Wayne 5 87 0 29 J. Kerley 3 24 0 11
D. Avery 4 60 0 24 N. Bellore 1 23 0 23
C. Fleener 4 42 0 12 S. Hill 3 23 1 9
  • Jogo fácil, vitória fácil. Até deu para Tim Tebow aparecer um bocadinho naquela que foi a terceira vitória dos Jets na presente temporada. Está interrompida uma série de duas derrotas consecutivas.
  • Shonn Greene esteva absolutamente imparável ao terminar com 161 jardas e 3 TDs, tirando a carga de cima de Mark Sanchez, que se preocupou em não errar. O QB, ex-USC, não forçou a nota mas até acabou com 2 TDs lançados.
  • Os Jets confiaram no jogo de corrida, que lhes valeu 252 jardas, e, como se não bastasse, viram Tebow a fazer um passe de 23 jardas quando agarrou a bola num punt e fez um passe surpresa muito rapidamente.
  • No lado dos Colts, Andrew Luck esteve demasiado errático e não houve força mental suficiente para dar a volta a uma partida muito bem conseguida pela defesa dos Jets, ancorada pelo bom jogo de Quinton Coples e as duas intercepções forçadas pela defesa secundária.

     26-23    

(6-0/0-7/0-6/17-10/3-0)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
M. Stafford 22/45 311 1 1 M. Vick 28/46 311 2 2
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
M. Leshoure 16 70 0 14 M. Vick 9 59 0 12
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
C. Johnson 6 135 0 37 J. Maclin 6 130 1 70T
T. Scheffler 3 81 0 57 D. Jackson 5 74 0 30
B. Pettigrew 3 38 0 16 B. Celek 4 33 0 11
  • A edição 2012/2013 da NFL tem sido pródiga em jogos decididos no prolongamento. Eagles e Lions não quiseram ser excepção e foi a equipa de Detroit a partir os corações dos fãs de Philadelphia com um FG de Jason Hanson depois de uma recuperação no quarto período.
  • O QB Matthew Stafford esteve inconsequente durante quase toda a partida, até que chegou o quarto período onde brilhou de sobremaneira. Com os Lions 10 pontos abaixo, Stafford juntou-se a Calvin Johnson e liderou o ataque a 17 pontos, mesmo não tendo conseguido acabar com a partida por duas vezes na linha de 1 jarda de Philadelphia.
  • Já no prolongamento, depois de terem atacado Michael Vick, os Lions fizeram uso da perna de Jason Hanson para fechar a partida com um FG de 45 jardas.
  • Vick somou mais duas intercepções ao seu pecúlio de turnovers nesta temporada e não teve a ajuda de LeSean McCoy, irreconhecível durante o dia de ontem, como as 22 jardas em 14 tentativas o retratam.

     10-38    

(0-7/3-0/14-0/17-7)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
B. Quinn 22/38 180 0 2 J. Freeman 15/26 328 3 1
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
J. Charles 12 40 0 22 D. Martin 13 76 0 23
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
S. Maneri 4 45 0 19 M. Williams 4 113 1 62T
D. McCluster 6 39 0 12 T. Underwood 2 68 0 62
D. Bowe 3 21 0 8 V. Jackson 4 66 2 19T
  • Jogo muito simples, de sentido único – Tampa Bay. Os Buccaneers receberam e atropelaram os Kansas City Chiefs, que continuam a sua caminhada rumo ao abismo.
  • Josh Freeman apresentou-se com a mão verdadeiramente quente ao conseguir 328 jardas e 3 TDs em apenas… 15 passes concluídos. Mike Williams foi o homem-bomba enquanto Vincent Jackson apareceu por duas vezes na endzone.
  • A ajudar o ataque dominador (também pautado pelo bom jogo de corrida de Doug Martin e Legarrette Blount) esteve a defesa, mais precisamente Ronde Barber, que devolveu uma intercepção ao QB Brady Quinn para um TD de 78 jardas.
  • Quinn, a actuar como titular pela primeira vez em três anos, nunca conseguiu colocar o ataque a rodar, muito por culpa de Jamaal Charles, o líder da NFL em jardas pela corrida, que foi limitado a parcas 40.

     19-16    

(9-3/0-7/7-3/0-3/3-0)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
R. Fitzpatrick 18/32 153 0 0 K. Kolb 14/26 128 1 1
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
C. Spiller 12 88 1 33 W. Powell 13 70 0 17
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
St. Johnson 6 82 0 23 L. Fitzgerald 6 93 1 28
F. Jackson 5 30 0 12 M. Floyd 1 24 0 24
C. Spiller 4 22 0 11 A. Roberts 2 18 0 16
  • Surpresa das surpresas, ou talvez não, este foi mais um jogo a ser decidido no prolongamento. Outra coisa que não é surpresa: Kevin Kolb lesionou-se. A verdade é que, com tudo somado, os Bills foram a Arizona terminar a série de oito vitórias seguidas em casa por parte dos Cardinals.
  • Num jogo onde o ataque nem sempre esteve inspirado, a diferença acabou por ser feita por Jairus Byrd, o responsável por duas INTs, uma delas já no prolongamento, que levou ao FG vitorioso de Ryan Lindell.
  • Verdadeiramente bipolar esteve o outro kicker, Jay Feely. A defender as cores dos Cardinals, Feely bateu um FG de 61 jardas para empatar a partida a 1 minuto do fim mas depois falhou um outro de 38 jardas com o tempo a expirar.
  • Com Kolb lesionado, foi John Skelton a lançar a segunda intercepção da partida, enquanto que Ryan Fitzpatrick esteve muito discreto, sem brilhar nem errar em demasia. Já C.J. Spiller mostrou um pouco da sua explosividade, algo que estava um pouco perdido desde a lesão contraída pelo jovem RB.

     23-24    

(7-10/10-0/3-0/3-14)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
T. Brady 36/58 395 2 2 R. Wilson 16/27 293 3 0
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
S. Ridley 34 0 6 33 M. Lynch 15 41 0 7
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
W. Welker 10 138 1 46T S. Rice 3 81 1 46T
B. Lloyd 6 80 0 23 D. Baldwin 2 74 1 50
R. Gronkowski 6 61 0 20 G. Tate 3 47 0 51
  • Choque em Seattle. Quando parecia que os New England Patriots estavam finalmente a ficar em forma, Russell Wilson surpreendeu tudo e todos e liderou uma enorme remontada no quarto período para chocar Bill Belichick, Tom Brady e companhia.
  • Tom Brady até entrou melhor, mais calmo, mas Wilson rapidamente o igualou com um TD de igual qualidade. O problema é que Brady acabou por lançar 2 INTs, embora os Patriots liderassem por 23-10 já no quarto período.
  • Foi aí que a magia de Wilson se soltou. Primeiro, com um TD no 4th down para Braylon Edwards, depois, já a apenas 1:18 do fim, com um grande passe para Sidney Rice, que agarrou e deu a liderança aos Seahawks. A defesa aguentou Brady e estava consumada a surpresa.
  • Wilson terminou uma performance memorável da melhor forma, enquanto o QB dos Patriots esteve órfão do jogo de corrida, vendo-se obrigado a forçar o passe.
  • Ao cabo de seis jogos, os Pats estão encravados com 3 vitórias e 3 derrotas, enquanto os Seahawks estão 4-2 na louca NFC Oeste. As coisas que a NFL faz acontecer…

     26-3    

(0-3/10-0/13-0/3-0)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
E. Manning 15/28 193 1 0 A. Smith 19/30 200 0 3
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
A. Bradshaw 27 116 1 23 F. Gore 8 36 0 13
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
D. Hixon 4 78 0 39 R. Moss 2 75 0 55
V. Cruz 6 58 1 16 M. Manningham 5 72 0 36
H. Nicks 3 44 0 26 K. Williams 4 40 0 15
  • Vindos de uma prestação história e de duas vitórias avassaladoras, os 49ers não aguentaram a mestria do plano de jogo de Tom Coughlin e sucumbiram perante a defesa astuta e o ataque cirúrgico dos Giants, que triunfaram na reedição da final da NFC da época passada.
  • Eli Manning nem teve de brilhar, como a linha estatística mostra, muito por causa de outra excelente exibição de Ahmad Bradshaw, que conseguiu 116 jardas e 1 TD (algo raríssimo através da corrida em San Francisco).
  • No entanto, foi a defesa dos G-Men quem mais brilhou: as três intercepções roubadas a Alex Smith e as seis vezes em que derrubaram o QB dos 49ers falam por si mesmas. Como se não bastasse, os Niners ficaram reduzidos ao 80 jardas através da corrida, apenas uma semana depois de terem conseguido mais de 300.
  • Nota ainda para um último factor: Victor Cruz dançou, Carlos Rogers não.

     26-38    

(9-0/0-17/3-7/14-14)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
C. Ponder 35/52 352 2 2 R. Griffin 17/22 182 1 1
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
A. Peterson 17 79 0 32 R. Griffin 13 138 2 76T
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
P. Harvin 11 133 0 23 F. Davis 3 46 0 16
M. Jenkins 6 67 1 19 S. Moss 4 46 0 30
K. Rudolph 6 56 1 18 J. Morgan 3 42 0 17
  • A defesa dos Vikings finalmente cedeu. Foi preciso uma actuação de enorme qualidade de RGIII para os Washington Redskins aguentarem uma possível recuperação da equipa de Minnesota no quarto período para garantirem o terceiro triunfo da temporada.
  • Griffin foi despedaçando a defesa secundária dos Vikings para 182 jardas e 1 TD através do passe, até que, já a menos de três minutos do fim, explodiu para uma corrida de 76 jardas, que lhe deu um total de 138 e 2 TDs pelo chão.
  • A equipa de Minnesota até começou melhor, com uma intercepção, inclusive, mas falhou em converter a superioridade em pontos. Resultado? Três FGs no primeiro período, algo que acabou por condenar o sucesso de Adrian Peterson e companhia.
  • Christian Ponder forçou demasiado a nota e cometeu alguns erros impensáveis mas acabou por ganhar 352 jardas, enquanto Peterson nunca chegou a conseguir rasgar totalmente a defesa de Washington. A nota positiva acabou por ser Percy Harvin, responsável por mais uma exibição soberba.

     42-24    

(14-0/7-10/7-7/14-7)

Jogador Tentativas Jardas TD INT Jogador Tentativas Jardas TD INT
A. Rodgers 24/37 338 6 0 M. Schaub 20/33 232 0 2
Jogador Corridas Jardas TD > Jogador Corridas Jardas TD >
A. Green 22 65 0 10 J. Forsett 7 47 0 17
Jogador Recepções Jardas TD > Jogador Recepções Jardas TD >
J. Nelson 9 121 3 41T A. Johnson 8 75 0 15
R. Cobb 7 102 0 24 O. Daniels 3 46 0 27
T. Crabtree 2 62 1 48T K. Walter 2 28 0 16
  • Melhor era muito, muito complicado. Criticado por actuações menos condizentes com a temporada passada, Aaron Rodgers deixou uma tremenda resposta em campo ao igualar um recorde dos Packers (Flynn é quem o imita) com 6 TDs lançados rumo a um massacre induzido aos Houston Texans, até ontem invencíveis.
  • Sem Brian Cushing a liderar a defesa, os Texans foram aniquilados por Rodgers, que manipulou a defesa de Houston a seu belo prazer, fazendo Jordy Nelson brilhar com três recepções para TD.
  • No lado de Houston, embora Arian Foster tenha conseguido 2 TDs, o RB teve uma prestação medíocre, acompanhada pelas duas INTs lançadas por Matt Schaub, que não conseguiu sustentar um ataque aéreo suficientemente forte para lidar com o fogo de Rodgers.
  • A única história acabou mesmo por ser o domínio dos Packers, aparentemente relançados na luta pelo estatuto de equipa digna de playoffs.
Advertisements

One comment on “Quick Stats – Week 6

  1. A linha ofensiva dos Cowboys é mesmo fraca, não consegue bloquear nada sem ter de recorrer a holdings. Sempre a puxar o ataque para trás, não à equipa que resista.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s