Dentro da Press Room para a semana -5

press room

Voltamos à rubrica Dentro da Press Room, onde apresento um aspecto em particular que me despertou a atenção, agora que faltam cinco semanas para o início da época. Hoje, sistemas de saúde, política e a NFL

Uma nova Lei existe nos Estados Unidos onde se iniciou uma nova era de regulação de empresas privadas que proporcionam serviços de saúde (um modelo que inclusive já está instalado em Portugal). Essa nova lei, o Afordable Care Act (ACA) não só regula esses sistemas de saúde de forma a serem mais inclusivos, como abre o mercado à competição, o que, naturalmente, faz descer os prémios dos seguros de saúde. Para além disso, a um nível mais macro, vai ajudar a controlar o défice (uma vez que as pessoas que não conseguem ter um sistema de saúde privado têm de recorrer ao sistema nacional de saúde Estatal.

Assim sendo, uma das organizações que está diretamente envolvida neste processo é a NFL. A Administração Obama entrou em contacto com NFL de forma a ser feita uma pareceria, não só para implementar a nova lei, como inclusive a promover perante o público que vê futebol Americano na televisão. A explicação do ACA, dos seus benefícios e do seu funcionamento pode ser assim passado a uma audiência gigante, e muita dessas pessoas, as que mais precisam de saber sobre a nova Lei.

Claro, que seria de esperar que os conservadores (tanto no partido dos Republicanos) como do grupo dos Tea Party se insurjam contra esta ideia. Dizem que a NFL deve ser uma “zona franca” onde política não se deve imiscuir. Inclusive, certos grupos ameaçaram fazer um boicote à NFL, se esta organização se associar à Administração Obama na promoção do ACA, que “existira um boicote alargado” da NFL por parte dos espectadores”.

É óbvio que isto são ameaças de uma minoria muito pequena, que não terá qualquer efeito sobre as audiências (não deixa de ser irónico que essas mesmo pessoas que se queixam de haver demasiado “liberalismo” na NFL, ao mesmo tempo aplaudem as iniciativas de homofobia que existe também em certas partes da Liga). No entanto as influências políticas já se fizeram sentir, e a NFL comprometeu-se com a minoria Republicana do Senado a não deixar que os seus jogadores sejam usados para promover a Lei.  E outra questão principal, é, mais uma vez, a de dinheiros. A Administração Obama precisa que a NFL “chancela” os anúncios (como é o caso por exemplo da promoção do NFL Play 60) para que estes fiquem com um “preço de desconto”.

Vamos a ver se a NFL assume um papel “educativo” e ajuda à promoção do ACA. De qualquer forma, aposto como Obama continuará a apoiar os “seus” Bears.

obama

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s