Dentro da Game Room para a semana 9(2013)

Esta semana, sobre abuso de poder e problemas “emocionais” e de conduta.

Richie Incognito tem sido mais do o “simples jogador de futebol Americano” que é uma força disruptiva dentro de campo, que extravasa um pouco para as linhas laterais e que pode enviar um “recado” pela imprensa ou pelas redes sociais a algum jogador ou jornalista. Incognito tem sérios problemas emocionais e deve ser tratado como tal.

Na sua carreira com os Rams, Bills e Dolphins teve um número considerável de multas e penalidades e inclusive foi considerado como o “jogador mais sujo” da Liga por parte dos seus pares. Não só há situações onde Richie arranjou problemas com outros jogadores, mas com árbitros e até mesmo com adeptos. Com os Rams, Incognito foi multado por ter gritado a um árbitro e foi dispensado depois de ter dado uma “cabeçada” a dois adversários (no mesmo jogo) que lhe valeu 50.000 dólares em multas. Inclusive foi também acusado de querer partir o tornozelo de um colega de equipa e de ter esmurrado um segurança.

incogn

Este fim-de-semana, parece que finalmente se chegou a um “ponto de rutura”. Incognito foi suspenso por “conduta danosa para a equipa”, quando se soube que Incognito ameaçou um colega. Johanthan Martin, outro jogador dos Dolphins recebeu mensagens escritas e por telefone com ameaças e ofensas raciais.

Este é (mais) um momento importante para a Liga.

Quando nos Estados Unidos existem movimentos sociais para a sensibilização de questões de abusos diametrais, de diferenças entre raças, igualdade de pessoas com diferentes tendenciais sexuais ou políticas, a NFL pode enviar uma mensagem clara que não irá tolerar este tipo de cultura de barbaridade que se “disfarça” de boys will be boys do mundo do futebol Americano profissional.

Ainda mais quando este caso se relacionou com atitudes abusivas com jogadores de primeiro ano (rookies). Incognito foi apenas a face mais visível de uma série de abusos no balneário dos Dolphins, com Martin a ter de pagar por uma ida a Las Vegas por parte da linha atacante da equipa com todas as despesas pagas no valor de 15.000 dólares…onde o próprio Martin não aproveitou “a prenda”, pois foi barrado de ir pelos colegas.

Esta “normalidade” de haver uma exploração dos rookies para tarefas menos dignas ou para pagar por mordomias desnecessárias é recorrente da NFL. Algumas brincadeiras são totalmente inofensivas e até de bom humor, como por exemplo, jogadores rookies terem de carregar com o equipamento dos jogadores mais antigos, ou por exemplo em Dallas, quando os rookies não poderem usar a estrela no capacete. Mas por exemplo, quando Dez Bryant teve de pagar por um jantar 54.896 dólares, parece que as coisas podem sair do controlo muito rapidamente. Claro que Dez disse (como era de esperar) “os veteranos ajudam-me a entender que todos passam por isto. Acontece, não é nada de especial. Está tudo bem. É importante que toda a gente se esteja a divertir”. Que divertimento!

Com a renovada preocupação com a saúde dos atletas, problemas de violência, de abuso marital, de consumo de substâncias proibidas, de racismo e homofobia, pode ser que seja tempo da NFL de rever mais um dos “pilares” da dinâmica entre jogadores.

Ou então, e como dizem outros, o politicamente correcto irá destruir a NFL.

Está aberta a discussão.

Advertisements

One comment on “Dentro da Game Room para a semana 9(2013)

  1. a pressão associada á NFL e o ter de vencer os jogos leva jogadores com fraca capacidade de lidar com a pressão a cometer coisas erradas e que não devem acontecer… neste caso particular estamos perante um enorme e sucessivo rol de situações erradas cometidas por parte do incógnito, mas com responsabilidades repartidas, em primeiro lugar dele claro, quem é parvo é parvo e ponto, em 2º por culpa das equipas porque continuam a dar oportunidade a um jogador que não as merece, por fim da liga que ainda não o impediu de jogar ou pelo menos ainda não o castigou o suficiente apesar do que vai continuando a fazer….agora parece que finalmente vão fazer algo….

    noutro assunto, com a lesão do aaron rodgers, poderá o matt flynn voltar ao seu local predileto para recuperar alguma da sua reputação?? (mas a receber menos $$$)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s