Dentro da Game Room para a semana 12(2013)

Quando se “tropeça” em algo que pode salvar uma época na NFL

Mike Glennon, o quarterback da equipa dos Buccaneers tem mais do que uma coisa para “carregar às costas”.

glenn

Para além de neste momento estar a inverter a “narrativa” de uma equipa dos Bucs que estaria condenada a não ganhar nenhum jogo, com o despedimento do treinador principal e com mais uma “travessia de deserto” que pode até implicar conversações sobre a equipa mudar de Estado, ou até mesmo de Continente.

Neste momento, os Bucs ganharam 3 jogos consecutivos, contra os Doplhins, Falcons e Lions. Não é exactamente as defesas mais temíveis da Liga, mas Glennon neste momento está com 168 passes completos em 269, para 1.782 jardas (com uma média de 6.6 jardas por tentativa). Tem 13 passes para touchdown para 4 interceções. E, inesperadamente, entra na discussão de Rookie do Ano, juntamente com Eddie Lacy,  Zac Stacy, Tavon Austin e Giovani Bernard.

Glennon tem como recievers Tiquan Underwood, Timothy Wright e o conhecido Vicent Jackson, mas não é exactamente o conjunto de recievers dos Broncos. Mas mesmo com pouco talento para receber os seus passes, Glennon tem feito boas decisões, com passes precisos tanto curtos como longos.

E para além de tudo isto, Glennon pode salvar inclusive o lugar do seu treinador. Se nos jogos que faltam (Panthers, Bills, 49ers, Rams e Saints – estes últimos quando o jogo acontecer já podem ter o acesso ao playoff assegurado) os Bucs conseguirem terem 3 vitórias, acabam por não ter a época desastrosa que parecia ia acontecer.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s