Dentro da Game Room para a semana Conference Finals(2013)

Quando a defesa de Denver esteve (quase) tão bem como o ataque para ganhar contra New England.

Quando se esperava um “festival” de pontos no final da Conferencia Americana (afinal estavam em confronto a melhor equipa da Liga a ganhar jardas, Denver, e a sétima melhor equipa nos Patriots), o que acabou por decidir o jogo foram… as defesas.

Ou mais particularmente quem sofreu menos com as ausências de jogadores nas defesas.

Já sabíamos que os Patriots não podiam contar com jogadores tão importantes como Jerod Mayo, Vince Wilfork e Tommy Kelly, mas esperava-se que a defesa poderia colmatar essas faltas.

Quando os Broncos começaram com posse de bola no 3º período, conseguiram um drive de 14 jogadas para 90 jardas que resultou num touchdown (TD) num passe de Manning para Demaryius Thomas. O resultado antes disso estava 13-3, o que não era “dramático” para os Patriots, mas com esse TD passou para 20-3… com 23 minutos para jogar.

Já na primeira parte os Broncos tinham conseguido um drive de 7 minutos  com 15 jogadas e 94 jardas. Era óbvio que os de New England eram incapazes de parar a marcha do ataque dos Broncos.

Quando Aqib Talib se lesionou e ficou fora do jogo, Manning começou a usar muito mais os seus recievers com impunidade. Wes Welker que até ai tinha estado discreto fez jogadas importantes. Alfonzo Dennard não conseguiu dar conta Julius Thomas e Devin McCourty andou algo perdido no jogo depois de ter sido mudado de safety para cornerback para substituir Talib.

mccorty

Do outro lado, e apesar de os Broncos também terem jogadores defensivos importantes lesionados, Dominique Rodgers-Cromartie teve um bom jogo, Champ Bailey esteve no seu habitual e Terrence Knighton e Robert Ayers controlaram o jogo das linhas, principalmente com dois sacks instrumentais para a vitória de Denver. Shaun Phillips também esteve muito bem, incluindo a jogada fantástica onde conseguiu parar o running back dos Pats, Shane Vereen de conseguir converter a jogada para dois pontos depois de do touchdown que colocava o resultado em 23-10 e dava hipótese ainda a New England de ficar a uma posse de bola de diferença.

No final, a defesa dos Broncos permitiu 230 jardas e 16 pontos, enquanto na semana 12 em casa dos Patriots tinham permitido 306 jardas e 34 pontos…só na segunda parte. A diferença neste jogo foi claramente que a defesa dos Broncos conseguiu incomodar Brady, anular o jogo em corrida dos Pats (Blount não se viu o jogo todo), enquanto do outro lado, Manning teve uma tarde descansada e os Broncos conseguiram distribuir o jogo em passe (400 jardas em 32 passes) alternando com jogadas em corrida (107 jardas em 28 corridas).

Os Broncos vão ter ausências importantes, como é o caso de Von Miller, Chris Harris e o Derek Wolfe. E que se vão fazer ressentir quando os Broncos tiverem a jogar contra Seattle (mais sobre isso para a semana). Agora falta saber como irá a defesa de Denver se equiparar à melhor defesa da Liga em Seattle.

Advertisements

2 comments on “Dentro da Game Room para a semana Conference Finals(2013)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s