Dentro da Press Room para a 1ª semana de Julho (2014)

press room

Esta semana no Dentro da Press Room, como “salvar” a NFL…dela própria

Como apresentei aqui, comprei o livro do nosso “amigo” Gregg Easterbrook, também conhecido como o Tuesday Morning Quarterback da ESPN

É desnecessário fazer novamente o elogio do Sr. Easterbrook. Já apresentamos vezes sem conta o quanto ele é uma referência num conjunto de aspectos que tem a ver com o futebol Americano (assim como noutros assuntos da sociedade e cultura).

No livro “The King of Sports”, o ultimo capítulo tem como título “The Future of Football” e é um “apelo” por parte do autor para “salvar” a NFL, por causa das ameaças presentes que podem fazer com que a modalidade “sofra” no futuro.

king

Resolvi transcrever aqui algumas, porque são motivo de reflexão, não só para quem manda na Liga, como para nós, consumidores.

  • Placagens de “capacete a capacete” que sejam deliberadas como propositadas devem dar um jogo de suspensão.
  • Eliminar o “three point stance”, pois conduz a muitas lesões por os jogadores começarem com a “cabeça baixa” e isso conduzir a impactos desnecessários com o capacete.

3ps

  • Capacetes de última geração e boquilhas de Tipo 3 deviam ser implementados na Liga (apesar das possíveis consequências a nível legal por essa tomada de posição pela NFL).
  • A NFL deve perder o estatuto de “organização sem fins lucrativos”
  • O apoio público para a construção de estádios deve terminar (algo que já discutimos aqui no nflempt varias vezes)
  • A NFL deve disponibilizar a informação de quais os narcóticos, analgésicos e anestesias injetáveis
  • Nos estádios que são públicos, a NFL não pode ter o “exclusivo” das transmissões televisivas, uma vez que se trata de um “bem público”.
  • A NFL não deve se tornar demasiado avarenta e tentar dominar em excesso o tempo sem futebol Americano. Deve haver um “afastamento” da modalidade durante algum tempo para depois se voltar ao mesmo com o entusiasmo de sempre. Uma “saturação” do produto pode levar a um progressivo desinteresse.

Haverá outras. Mas é um ponto de partida.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s