“O pior resultado de sempre de uma jogada”

Agora que já estamos uma semana desde o Super Bowl, pode-se tentar racionalizar o que aconteceu naquela última jogada de ataque pelos Seahawks.

Pete Carroll tenta explicar-se aqui.

Lawrence O’Donnell faz uma análise mais “descontraida” aqui com Jordan Schultz (crónista dos Seahawks) e Harry Shinitzky (psicólogo de desporto).

E por sua vez , Olberamnn faz uma análise, muito mais cáustica.