Dentro do Game Room para o Divisional Round de Sábado

New England Patriots vs Kansas City Chiefs (21:35 na Sporttv3)

Pode-se fazer o argumento que os Kansas City são a equipa a bater na AFC? Sim, claro. Numa sequência de 11 vitórias consecutivas. Perderam a Divisão na última semana e contra a equipa número 1 da Conferência. E depois de terem ganhar 30-0 em Houston para o Wild Card Weekend.

Os Chiefs têm sufocado os ataques adversários, permitindo apenas uma média de 11.6 pontos por jogo na sequência que referi acima. E apesar do ataque ser controlado e não correr muitos riscos, a verdade é que tem sido eficiente e tem desequilibrado os jogos a favor dos de Kansas City.

Os Chiefs também tiveram a boa notícia que o reciever Jeremy Maclin não ficou gravemente lesionado contra Houston e em princípio estará pronto quando a equipa estiver em Boston. Maclin tem sido instrumental para o sucesso de Alex Smith este ano.

Por falar em estar quase a 100%… os Patriots.
Entraram nos playoffs vindo de duas derrotas consecutivas, algo muito pouco habitual na era Belichick, e principalmente com jogadores importantes tanto no ataque como na defesa lesionados. New England foi a equipa com mais jogadores lesionados na NFL este ano e precisavam desta semana de descanso para recuperarem o máximo de jogadores possíveis para este embate.

kccvsnediv

Os Patriots precisam de um Gronkowski e um Julian Edelman no seu melhor (ou o melhor que puderem). E mesmo assim não vai ser fácil, pois a defesa dos Chiefs pode muito bem os anular mesmo com eles a 100%. O safety Eric Berry, assim como os corners Sean Smith e Marcus Peters são do melhor da Liga, o que deixa os linebacks disponíveis para fazerem duplas marcações a Gronk.

Esta promete ser uma batalha defensiva com poucos pontos no marcador. Não tanto porque as equipas não queiram, mas porque não têm o talento (Chiefs) ou as armas (Patriots) para fazerem jogadas de rasgar o terreno.

Mas, e tal como na minha análise do jogo entre os Panthers e os Seahawks, os Patriots já “cá estiveram”. Sabem o que é preciso para ganhar. O mesmo não pode ser dito dos Chiefs. Desde que Brady é o QB, que os Pats ganharam 113 dos 133 jogos em casa, e Belichick, apesar da mesma experiência nestas situações que Andy Reid sabe fazer melhor como se faz batot… como se ganha! Era o que queria dizer! (just kidding Portuguese Pats fans). Por causa disso, para mim, vantagem Patriots.

Arizona Cardinals vs Green Bay Packers (1:15am na Sporttv3)

Podem estes Packers serem tão bons contra Arizona como foram em Washington? Porque os Packers que vimos no Wild Card Weekend foram os mesmos das primeiras seis semanas da regular season e que deixou toda a gente convencida que iriamos ter os de Green Bay a chegar ao SuperBowl. Mas se regredirem, mesmo que um pouco, para os Packers da seman 16 e 17, não irão sobreviver os Cadinals.

A ligação entre Aaron Rodgers e os seus recievers pareceu mais afinada esta semana passada. Beneficiou no entanto, de a defesa de Washington jogar à zona, o mesmo que não vai acontecer com Arizona. Se, desta vez, vimos os recievers de Green Bay a conseguirem alguma separação para com os defesas e com isso a facilitar a vida a Rodgers, o mesmo vai ser mais difícil acontecer em Arizona. E o número 12 não consegue fazer tudo sozinho (ao contrário de um Wilson por exemplo).

Os Cardinal têm usado um sistema de marcar pontos a abrir o jogo, colocar os adversários á distância e depois aplicar pressão sobre o ataque da equipa oposta até colapsarem. Isso foi o que se viu no jogo contra os Packers na Semana 16 com uma tareia de 38-8.

azgbdiv

Os Packers precisam de controlar o tempo do jogo, estabelecer o jogo em corrida (agora com o seu novo QB estrela…Randall Cobb?) e com Lacey e Starks a desgastarem a defesa de Arizona e a deixar Carson Palmer e companhia no banco. A falta de Honey Badger (Tyrann Mathieu) é importante, mas a defesa é uma das melhores da Liga e já sabe como pressionar Rodgers. Da última vez que as equipas se encontraram, Arizona conseguiu 9 sacks e teve dois retornos de interceções para touchdown e com um domínio do jogo que foi impressionante.

Mas espero que desta vez o jogo seja mais equilibrado, continuando a dar uma ligeira vantagem para os Cardinals.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s