Dentro do Press Room. A “resistência”responde

No seguimento do meu último post, sobre o “poder absoluto” do Comissário Goodell, e acabando com a imagem do Imperador, vamos dizer que os “rebeldes” (continuando com a imagética do Star Wars) preparam um “assalto à Estrela da Morte”

nflds

Eric Winston, o Presidente do sindicato de jogadores profissionais da NFL (NFLPA) começou a aconselhar os seus colegas de profissão para “se prepararem para o pior” no que se trata das negociações do novo acordo que liga os jogadores aos donos das equipas (o CBA).

Já esta semana, um dos representantes da NFLPA, Ramon Foster, avisou que é muito possível que não se consiga um novo acordo até expirar o atual, que está em vigor até 2020.

“Foram os donos das equipas que bloquearam a Liga em 2011, e temos de estar preparados para nos defendermos, uma vez que, se for tão mau como foi em 2011, todos os jogadores têm de se preparar para o que vem a seguir.

As críticas dos jogadores têm incidido principalmente na forma com o Comissário tem gerido crises internas, com o que eles acham ser “uma natureza ditatorial”, onde se inclui as últimas tomadas de posição da Liga relativamente as alegações de doping na Liga.

Winston acha que “o Comissário está a agir de uma forma errática, não há estabelecimento de precedente, ele faz o que quer, e da maneira como quer.”

ericw

Claro que ainda temos muito tempo até todas estas coisas ficarem sanadas (ainda por cima numa realidade onde os “ciclos de notícias são cada vez mais curtos”), mas a NFLPA começou já a propor um conjunto de alterações que eles acham cruciais. Se em 2011, essas exigências também existiam, e depois foram “deitadas por terra” por causa da pressão dos donos das equipas, da imprensa e dos adeptos, desta vez os jogadores prometem não ceder.

“Tem de haver um momento onde os jogadores e a Liga encontram uma plataforma comum, com políticas que sirvam os dois lados, e que resolvam muitos dos problemas que temos neste momento. Uma política unilateral imposta à força nunca será uma solução.”

Da maneira como as Ligas e os jogadores andam sempre com desavenças, não me admiro nada que, mais uma vez (e como acontece de vez em quando com as grandes Ligas nos USA), vamos ter…negociações difíceis.

agress

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s