Os playoffs decidem-se na Sporttv!

Olá a todos

Excelente notícias para quem é assinante da Sporttv e gosta da NFL (principalmente para quem andou estes meses/anos a fazer o seu melhor para haver cada vez mais jogos em Português de Portugal).

destaque

Este domingo vamos ter uma “estreia”, com três jogos no mesmo dia!! E todos eles com implicações para os playoffs. Todos  entre rivais de Divisão, e todos a passar em direto na Sporttv1.

Assim, começamos às 18h com os New England Patriots vs Miami Dolphins.

patsdolp

Este jogo tem implicações para o primeiro lugar da Conferência AFC (e jogos em casa até ao Super Bowl), com os Patriots a precisar de ganhar para manter a distância para os Raiders (mesmo que estes ganhem o jogo das 21:25h).

Já Miami, se ganhar, e Kansas City perder ( o jogo dos Chiefs também às 21:25h), passam a ser o 5º seed, que lhes dá um caminho mais fácil até à Final da Conferência. Assim, ambas as equipas querem ganhar o jogo.

Depois temos às 21:25h, um jogo que com um caminho mais direto para a post season, uma vez que a  equipa de Washington entra nos playoffs com uma vitória.

nywas

Claro que os Giants vão tentar impedir que isso aconteça, ainda mais na casa do adversário, no lugar destes ficarem à espera do jogo das 1:30am para conhecer o adversário. No entanto, há um cenário que pode, apesar da vitória de Washington, fazer com que a equipa da capital fique de fora.

E falando nisso.

No Sunday Night Football os Detroit Lions recebem os Green Bay Packers.

gbdet

Por ser o último jogo do dia, ambas as equipas por esta altura podem estar apuradas (se Washington perder), ou então fica uma situação de win or go home, uma vez que o vencedor do jogo será também o vencedor da Divisão, e a outra equipa fica eliminada. A equipa que ganhar a Divisão também tem a vantagem de receber o jogo de WildCard em casa (uma vez que Dallas e Atlanta estão com o 1 e 2 seed para a Conferência).

No entanto, se este jogo acabar empatado, passam as duas para a frente, ficando Washington para trás.

E também vamos ter outra “primeira” neste domingo.

Para os nossos espectadores não se fartarem das  vozes “melodiosas” do Silvestre e do Viana, mais ou menos a meio do jogo entre NY e Washington, vamos ter um sistema de rotação entre os comentadores do NFLemPT.

Assim, o jogo das 6pm será com o Ricardo Silvestre e o Edgar Silva, o das 21:25, com Pedro Viana e o Edgar, e o das 1:30am com o Ricardo e o Pedro.

Estejam connosco, e se puderem enviem um mail para a Sporttv a agradecer a oportunidade de termos os 3 jogos.

Até domingo!

Advertisements

Dentro da Press Room (Week16 -2016)

dentro de uma press room2

No jogo entre Dallas e Detroit, um reverse pitch de Dak Prescott para Dez Bryant terminou com um passe do receiver para o tight end to Jason Witten e para um touchdown (TD) de 10 jardas e uma vantagem no marcador de 35-21. “Nós estivemos a trabalhar nesta jogada faz cinco ou seis semanas.”, disse Dez. Humm… se calhar não era melhor a ter guardado para uma partida com mais em jogo?


Jay Ajayi, running back (RB) dos Dolphins conseguiu o terceiro jogo nesta época onde correu para pelo menos 200 jardas. O tight end Dion Sims disse que, “Ele corre a 100 km/h, daí lhe termos dado a alcunha de ‘O Comboio J’.All aboard! Ei, ajudou-me a ganhar a Fantasy League que tenho com os meus amigos nos USA (oh, a infâmia, um Português a ganhar a Americanos).

jayjtrain


Nós fomos batidos hoje. Foi embaraçoso. Mas não há desistentes neste balneário.” Disse Ryan Fitzpatrick, QB dos Jets, seguramente já a pensar em algo que se aplica ao que vêm.

Joe Thomas, o veterano offensive tackle dos Browns, depois de ter visto o field goal que deu a primeira vitória dos Browns na época, “Eu andava à procura de alguém para abraçar. Havia algumas lágrimas nos meus olhos. Eu sei que não devo dizer isto, mas este era o nosso Super Bowl. Era mesmo.” Ei, cada Organização com os seus objetivos.

joethomas

O treinador dos Packers Mike McCarthy,a na conferência de imprensa, “Estamos a planear ir a Detroit e ganhar a Divisão. Feliz Natal!Jeeeeezzz, coach, thaaaaaankssss… ”

Os adeptos dos Falcons começaram a entoar “MVP, MVP” à medida que o jogo dos Falcons terminava e Ryan saía do campo.

Jameis Winston sobre o final da época. “Eu quero ir aos playoffs. O próximo jogo é o nosso Super Bowl.” Jameis, faz o favor de ler o Dentro do Game Room desta semana.

No mar de desilusão e de frustração na organização, e fãs, dos Raiders, com a lesão de Dereck Carr, uma das pessoas que estava inconsolável era o Pro Bowl offensive tackle Donald Penn, uma vez que foi o seu adversário direto que fez a placagem que resultaria na quebra do perónio do QB de Oakland. “Eu escorreguei na jogada. Eu nunca deixei, na minha carreira, que um QB se lesionasse, e estou desolado neste momento.”

donaldpenn

Depois da derrota de Seattle contra Arizona, o cornerback dos Seahawks Richard Sherman disse que, “Eu preferia o caminho mais fácil [nos playoffs], mas às vezes temos de fazer o caminho mais difícil.”

Continua a descrença em L.A., “Nas últimas posses de bola parece que toda a equipa tinha desistido, incluindo eu próprio.” O cornerback dos Rams, Trumaine Johnson.

Friendly fire!! E entre dois Steelers. O analista da FOX, também ele um antigo QB de renome, Terry Bradshaw, disse na FOX Sports 1 que “Eu não dou muito valor ao treinador Mike Tomlin. Ele é um treinador simpático, mas é mais um motivador do que um treinador.”. Let’s go to the tape! Tomlin já ganhou um Super Bowl e tem 101 vitórias na época regular. You’be the judge.

Dentro do Game Room (Week16-2016)

game room

 

Quem não se lembra do Dumb and Dumber, com Jim Carrey, Jeff Daniels e Lauren Holly?

Nesse filma há a (famosa) cena onde nós, aqueles que nos apaixonamos por uma mulher que sabemos que não temos hipótese nenhuma, podemos ter esperança porque…há sempre uma hipótese.

O mesmo também se aplica no Futebol Americano.

E hoje, Dentro do Game Room, vamos ajudar os Tampa Bay Buccaneers a entrar nos playoffs, uma vez que a equipa ainda tem uma hipótese… mesmo que seja 1 em 60.000, para uma percentagem de 0.0016%

tampa

Assim, Tampa precisa de ganhar o seu jogo este domingo contra os Carolina Panthers (vamos dizer 55% de isso acontecer)

Que os Packers percam contra os Lions (40% de probabilidade)

E que o jogo entre os Giants e a equipa de Washington termine empatado (um muito confortável probabilidade de isso acontecer para Tampa de…0.3%)

Porém, não fica por aqui.

Também precisam de vitórias em outros campos, tanto na Conferência Americana (Jacksonville vs Indianapolis, Houston vs Tennessee) e na Nacional (San Francisco vs Seattle e Filadélfia vs Dallas).

As probabilidades de todos os resultados serem aquilo que Tampa precisa são
Os Jaguars perderem contra os Colts (71%)
Os Texans perderem contra os Titans (62%)
Os Seahawks perderem contra os 49ers (31%)
E os Eagles perderem contra os Cowboys (47%)

Portanto, os Bucs precisam de uma jogada sem tempo no relógio para 90 jardas, um Hail Mary de 70jardas ambos para touchdown, duas jogadas de 80 jardas para dois field goals a expirar o relógio, dois drives sem erros a começarem no meio campo e a esgotar o relógio para acabar com pontos, e três jogos sem erros, bom comando do jogo, e vitória entre 3 a 7 pontos.

Já agora, no espírito de sermos de ajuda para todos, fica aqui como se defende um Hail Mary.

hsil

Ou então, os Bucks podem se inspirar numa outra famosa frase do mundo do cinema, e seguir o exemplo do traficante mais famoso desta e da outra galáxia (essa muito longe).

oddssolo

Depois não digam que não encontramos soluções no Dentro do Game Room para se ganhar os jogos em campo, e até nos outros campos.

Dentro da Press Room (Week15 -2016)

dentro de uma press room2

 

O primeiro jogo como titular de Matt Moore como substituto de Ryan Tannehill foi o melhor da sua carreira. O veterano de 9 anos esteve muito bem, incluindo 4 passes para touchdown (TD). No entanto, “Houve alguns nervos no início, e acho que se notou.

O treinador principal (head coach) interino John Fassel, em relação aos Rams terem conseguido causar problemas para Seattle com o defensive front, mas sem produção no ataque. “É uma lição para mim que uma pessoa deve estar pronto, adaptar-se e assumir responsabilidades que não antecipava.” Bem-vindo à carreira (mesmo que curta) como head coach.
fassel

Aaron Rodgers acha que “É divertido estar com 8 vitórias e 6 derrotas (8-6) e nós sabemos como foi estar com 4-6. Foi difícil.”
O head coach Bill O’Brien, na decisão de colocar no banco o “money men” Osweiler, e dar uma oportunidade a Tom Savage, “Nós não íamos ganhar o jogo, obviamente, a marcar apenas 13 pontos.
Hue Jackson, que está no seu primeiro ano como head coach dos Browns, “Não é o meu sonho, nem que se pareça, mas eu não vou fugir desta situação.
huebrowns
Sobre uma jogada onde o quarterback dos Ravens Joe Flacco fez uma jogada em passe, a ganhar por 27-17 e a precisar de gastare relógio, o head coach John Harbaugh disse da decisão do seu coordenador atacante Marty Mornhinweg, “A pior decisão de uma jogada de sempre. E minha responsabilidade. Devia ter vetado a ideia imediatamente.
As “boas relações” continuam entre Bengals e Steelers, “Eles [os árbitros] deixam fazer tudo o que os de Pittsburgh querem fazer. As faltas delees também deviam ser marcadas.

É a norma.” Disse Victor Cruz, receiver dos NY Giants sobre mais uma receção só com uma mão de Beckham no jogo contra os Lion. “Já nem me surpreeende.
objonehand
Devonta Freeman, running back dos Falcons correu para 139 jardas e 3 TD. Mesmo assim… “Eu nunca me contento, no final do dia vou pensar no fumble que tive durante o jogo. Eu odeio fumbles.
Na verdade ele estava a falar de fazer a celebração no aquecimento.” Disse Dak Prescott sobre a brincadeira que Ezekiel Elliott fez de saltar para dentro do caldeirão do Salvation Army.
wsalvationarmy
E quando ele subiu devagar de dentro do caldeirão, foi muito engraçado.” Nota-se que os Americanos não têm o Asterix no imaginário.
obelix
Era um jogo fora de casa. Era como se estivéssemos em Oakland, exceto que ainda havia mais adeptos dos Raiders aqui.” O aqui, de que Philip Rivers dos San Diego está a falar é…o Qualcomm Stadium, casa dos Chargers.

Quando o head coach dos Broncos, Gary Kubiak, teve de se impor para evitar uma cena de pancadaria entre T.J. Ward e Russell Okung, já no balneário, um jogador que não se quis identificar disse que “É mais um excelente exemplo de diferenças entre equipas atacantes e defensivas.” Ouch!

Dentro do Game Room (Week15-2016)

game room

 

Como é que se lida com um erro de 72 milhões de dólares (37 milhões garantidos)?

taylorbrock

Bem, não há uma maneira que seja melhor que outra, presume-se.

Foi esse o dilema que o treinador principal (head coach) dos Texans teve este domingo, ao dizer a Brock Osweiler para ficar sentado no banco, que ele não é o jogador que a equipa precisa para ganhar a Divisão e tentar ir longe nos playoffs.

No entanto, o que pode um head coach fazer quando o seu quarterback (QB)tem tido uma época sub-par, claramente aquém das expetativas levantadas, não só pelo contrato assinado, mas por uns quantos jogos, mesmo que razoáveis, que Osweiler fez o ano passado pelos Broncos.

brockdenver

Para além das interceções (e do que parece ser uma óbvia falta de paixão pelo jogo), o indicador que é mais revelador tem sido a falta de produção do wide reciever estrela da equipa (e da Liga, pelo menos até este ano), DeAndre Hopkins.

O jogo contra Jacksonville foi apenas o segundo jogo com mais de 80 jardas em receção por parte de Hopkins. O ano passado, antes de Novembro, já ele tinha cinco.

E não é por falta de passes na sua direção. Osweiller até tentou passar a bola o ao reciver, uma vez que por quatro jogos esta época, foram bolas na direção de Hopkins por mais de dez vezes por jogo. Até o jogo deste domingo, Osweiller tinha tentado passar a bola a Hopkins por 116 vezes (comparado, por exemplo, com 192 passes para no ano passado com QB’s como Brian Hoyer, Brandon Weeden, e Tom Savage.

deandrehopkins

Portanto, se o problema não é volume, é direção.

Incrivelmente, para um QB a fazer tanto dinheiro por jogo, Osweiller é um dos piores jogadores na sua posição na Liga (mesmo com o número de QB horrendos que militam na NFL neste momento). Menos de 60% de acerto (59.6%) mais interceções (16) do que touchdowns (14), menos de 200 yards por jogo (193.1)  e menos de 6 jardas por passe (5.8).

E assim, os Texans vão ter de confiar em Tom Savage.

tomsavage

Pelo menos já lhes deu uma vitória contra os Jaguars. Ou seja, Savage, que ganha menos (300 mil dólares garantidos) numa época do que Osweiller num jogo(!!) é quem agora comando os Texans para o resto da época.

Bons empregos…arranjem um se puderem

Dentro da Press Room (Week14 -2016)

dentro de uma press room2

 

O left guard, Rodger Saffold, um dos jogadores à mais tempo nos Rams, logo a seguir à derrota contra os Falcons, “Eventualmente, alguma coisa tem de mudar [na equipa].” Humm…o que poderia ser…?

fischer out.jpg

Eu acredito que a nossa defesa é muito melhor este ano do que o ano passado, não me parece que haja nenhuma questão sobre isso.”, palavras do head coach Rex Ryan dos Bills na quinta-feira antes do jogo onde a defesa colapsou totalmente, e os Bills estão em rota para falhar os playoffs pela 17ª época seguida

Tyreek Hill teve o seu nome entoado pelos fãs do Arrowhead Stadium no meio do jogo, antes de um punt. O rookie respondeu com um retorno de 78 jardas e touchdown. “Senti arrepios na linha lateral (…) “ disse o quarterback dos Chiefs, Alex Smith. “Todo o estádio a chamar pelo nome dele e depois aquela resposta –foi uma das coisas mais espetaculares que já vi.

O cornerback dos Broncos, Chris Harris Jr. sobre a motivação das equipas adversárias “Nós [os Broncos] somos o Super Bowl de toda a gente.” Humm… se calhar os Broncos vão ter 16 Super Bowl, mas não ir àquele que conta.

Canalizando o seu melhor Dennis Green “The Bears are who we thought they were”,

greenbearswere

desta vez foi Bruce Arians, também ele treinador dos Cardinal com a frase “The playoffs are what they are (os playoffs são o que são).” Parece que o ar de Arizona é bom para redundâncias.

Eu sei que vocês gostam de teatro, mas aqui não há muito disso.” Disse o head coach dos Lions, Jim Caldwell, do esforço de Stafford para ignorar a dor na mão e ganhar o jogo contra os Bears.

San Francisco teve apenas 17 jardas em passe ao intervalo, o menor registo em 11 anos. “Isso é da minha responsabilidade.” Disse Chip Kelly, head coach dos 49ers. “Eu não estava muito confiante.” Que belas palavras para os quarterbacks da equipa.

Vencer jogos como estes, onde é para cima, para baixo, montanha russa, montanha russa, e finalmente acabar com o jogo, é óptimo.” Palavras do cornerback dos Vikings, Captain Munnerlyn…sobre football, ou passar a tarde num parque de diversões?

roller

Aaron Rodgers, vê-se logo que não estudou medicina. “É football, temos de lidar com lesões. Eu estou aqui para falar da vitória e vocês [a imprensa] só querem falar das minhas lesões.”

Os Browns tiveram outro momento de infâmia esta época, quando “Brownie The Elf” escorregou na linha lateral, dando um tombo, quando tentava agarrar uma bola depois de um punt. Questionado sobre esse momento, Brownie preferiu não responder a perguntas da imprensa.

browniefall